Receita Federal Imposto de Renda 2019 – Declaração e Restituição

O Brasil sofre com a tributação pesada, principalmente o IRPF a pagar para a Receita Federal Imposto de Renda 2019. Por essa razão, de janeiro à abril todos os anos as pessoas já ficam com a cabeça na restituição, com intenção de ter de volta ao menos um pouco do que foi pago no último ano.

Porém, não são todas as pessoas que possuem o direito de restituir os impostos pagos, e os que devem ter atenção aos procedimentos impostos pela Receita Federal para a devolução do imposto.

O que é a Receita Federal Imposto de Renda 2019?

O imposto de renda é o valor descontado dos rendimentos o trabalhador no último ano. Esse valor é recebido pelo Governo Federal através da Receita Federal, o órgão responsável pela administração do Imposto de Renda no Brasil.

Receita Federal Imposto de Renda 2019

Mesmo sendo obrigatório aos brasileiros, existem pessoas que tem a oportunidade de ficar de fora da declaração de imposto de renda, e para isso é necessário que essa pessoa se encaixe nas regras definidas pela Receita Federal.

Existem também pessoas que não sabem, mas existe o Imposto de Renda para empresas, que é conhecido como Declaração de Ajuste Anual.

Declaração de Imposto de Renda 2019

Caso você nunca tenha feito a declaração de Imposto de Renda e esteja se preparando para realiza-la pela primeira vez, ou já tenha feito a declaração, porém contratou uma pessoa para realizar o procedimento, saiba que não existe nenhuma dificuldade em realizar o procedimento.

A declaração imposto de renda Receita Federal pode ser realizada em casa de forma rápida, simples e prática. Confira um passo a passo:

Receita Federal Imposto de Renda 2019


Separe os documentos e comprovantes necessários: Para dar início a declaração do imposto de renda é preciso reunir os documentos que são considerados essenciais e que comprovam e detalhem os valores recebidos no último ano. Como por exemplo, um documento que informe os salários recebidos, as contribuições para o INSS e a Receita Federal que estão retidos na fonte.


Faça o download do programa do Receita Federal Imposto de Renda: Instale o programa gerador de declaração disponível no site da Receita. O programa cria a declaração e é através dele que você informará os dados que serão enviados à Receita Federal.


Preencha os dados exigidos: Os que realizaram a última declaração de imposto de renda tem a opção de recuperar as informações da delação anterior no programa. Mas caso seja sua primeira vez, você precisará todos os rendimentos, despesas e dívidas referentes ao último ano, assim como as posses e bens presentes no patrimônio até o último dia do último ano.

As informações devem ser preenchidas no menu localizado à esquerda do programa de declaração de imposto de renda. Com os rendimentos e demais informações em mãos, basta observar em qual ficha cada valor deverá ser inserido. Quando seus bens forem declarados, o valor informado deverá ser o de custo de aquisição ou seja, sem considerar a valorização ou desvalorização do tempo.


Escolha o modelo de declaração (simplificado ou completo): Após o preenchimento dos dados, selecione o modelo de tributação de sua declaração. Caso a sua opção seja a declaração simplificada, sua declaração terá um abatimento único de 20% dos rendimentos tributáveis, limitado a 16.754,34 reais. Já na declaração completa, as deduções são feitas uma por uma.

O programa te informa qual a opção mais vantajosa para sua declaração de acordo com as informações compartilhadas. Onde você escolhe pelo modelo é compartilhado um resumo de qual será o imposto de renda, deduzir ou restituir em cada um dos modelos.

Está gostando do conteúdo? Deixe seu like nas rede sociais ao lado e ajude o site a crescer! Caso tenha alguma dúvida, basta comentar nas nossas redes sociais.

Envie a declaração imposto de renda: A declaração deve ser enviada até as 23h59min do último dia disponível para realização da declaração. Assim que o envio é finalizado, o recibo da entrega é gerado automaticamente. Recomenda-se imprimir o recibo e guarda-lo em algum local onde você não possa perde-lo.

O número de sua declaração será útil para corrigir erros em sua declaração e também para importar as informações de declarações realizadas anteriormente.


Restituição Imposto de Renda 2019

Receita Federal Imposto de Renda 2019 A restituição do imposto de renda costuma acontecer quando as despesas dedutíveis não são contadas conforme o período tributado, ou seja, o contribuinte recebe de volta o valor que foi pago à mais para a Receita Federal.

O declarante só terá direito a restituição do imposto de renda quando comprovado que o imposto retido na fonte ou o que foi pago durante o ano foi além do que realmente deveria ter sido pago, ou também pela qualidade dos rendimentos que podem ser tributáveis ou não, isentos ou tributados na fonte.

Existem pessoas que tem seu imposto retido na fonte porque costumam receber os rendimentos descontados em parcelas do imposto de renda mensalmente, que utilizam o carnê ou que recebem uma renda de outro país, essas são pessoas que tem direito à restituição.

A restituição imposto de renda 2019 é entregue em 7 lotes mensais, sendo o primeiro em Junho e o último em Dezembro. Existem prioridades no recebimento, como contribuintes acima de 60 anos e os que entregaram a declaração com antecedência.


Alíquotas Imposto de Renda 2019

É importante frisar que as alíquotas são responsáveis por divulgar quanto será descontado do salário de um trabalhador como forma de contribuição para o imposto de renda. Os brasileiros e brasileiras que moram no exterior precisam ter conhecimento e ficarem atentos acerca das informações compartilhadas na tabela de alíquotas, pois a mesma sofre alterações anualmente.

As alíquotas costumam variar de acordo com a renda de cada contribuinte. Os contribuintes que recebem uma renda mais baixa não sofrem qualquer tipo de incidência de tributação. Com a tabela imposto de renda 2019 será possível consultar os isentos para o ano vigente.

Os valores da aliquota são atualizados todos os anos, e sempre sofrem alterações, ou seja, os valores podem aumentarem ou reduzirem e quem aprova a nova tabela de alíquotas é o próprio Congresso Nacional, para que então ela passe a valer. Os valores da aliquota são estipulados pela câmara dos Deputados em conjunto ao Ministério da Fazenda.

Quem deve declarar o Imposto de Renda 2019

Nem todo mundo precisar fazer a declaração, sabia? É extremamente importante saber se é necessário que você realize a declaração do imposto de renda e se sim, quais são os requisitos que fazem com que o você seja obrigado(a) a realizar a declaração.

Logo abaixo tem uma lista com todas as informações sobre quem é obrigado a fazer a declaração e vamos ver se você se encaixa:

Requisito 01. Você você é pessoa física, residente no Brasil, e que tenha recebido rendimentos tributáveis superiores a R$ 28.559,70 (vinte e oito mil, quinhentos e cinquenta e nove e setenta centavos) no último ano;

Requisito 02. Se você é da categoria dos contribuintes que tenha recebido rendimentos isentos, não-tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte, e que cuja a soma tenha sido superior a R$ 40 mil (quarenta mil reais) no último ano;

Requisito 03. Caso você tenha obtido capital na alienação de bens ou direitos, sujeito à incidência do imposto ou que tenha feito operações em bolsas de valores de mercadores, de futuros e assemelhadas;

Requisito 04. Caso você tenha posse ou propriedade de bens ou direitos, até mesmo terra nua ou lote de valor total ou superior a R$ 300 mil (trezentos mil reais);

Requisito 05. Caso você, como contribuinte, tenha passado para a condição de residente no Brasil, em qualquer mês do último ano;

Requisito 06. Caso você tenha optado pela isenção do imposto sobre a renda incidente sobre o ganho de capital auferido na venda de imóveis residenciais, e o produto da venda tenha sido direcionado à aplicação na aquisição de imóveis residenciais localizados no país;

Requisito 07. Caso você tenha obtido no último ano a receita bruta em valor superior a R$ 142.798,50 (cento e quarenta e dois mil, setecentos e noventa e oito reais e cinquenta centavos) oriunda de atividade rural.


A Receita Federal coordena, gerencia e executa todos os processos do Imposto de Renda, como: declaração, restituição, pagamentos, lotes, calendário, tabela e download do programa. Por isso é sempre bom ficar atento a todas as informações disponibilizadas por esse órgão.

Caso ainda existam dúvidas relacionadas a Receita Federal Imposto de Renda 2019, deixamos um espaço para comentários abaixo, é só mandar seu questionamento que responderemos assim que for possível. Boa sorte!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *