Imposto de Renda 2020 → Como Declarar, Restituição, Consulta

O Imposto de Renda 2020 é uma obrigação fiscal que tira o sono de muita gente, principalmente para aqueles que deixam para fazer a contabilidade em cima da hora e ficam reféns das punições da união.

Mas o fato é que essa tarefa pode não ser assim tão complicada para aqueles que buscam com antecedência como quitar os seus débitos com o leão. Para te ajudar nessa missão cidadã, confira aqui um manual completo para te ajudar na sua Declaração de Ajuste Anual do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF 2020).

declaração imposto de renda 2020

Quem deve declara o Imposto de Renda em 2020

A obrigatoriedade de declaração do Imposto de Renda em 2020, para pessoas físicas, se dá para todos aqueles que se encaixam em um ou mais dos seguintes requisitos:

  • Teve rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70 – incluindo patrimônio em bens, como carros ou imóveis;
  • Teve rendimentos não tributáveis exclusivamente na fonte acima de R$ 40.000,00;
  • Realizou operações na bolsa de valores, operações de mercadorias ou operações de mercados futuros;
  • Quem optou pela isenção do imposto sobre a renda incidente da venda de imóveis ou qualquer outro bem localizado no Brasil;
  • Teve ganhos de capital sobre a alienação de bens e direitos;
  • Obteve renda anual rural bruta superior a R$ 142.998,50;
  • Teve posse de bens até o dia 31 de dezembro de 2019 de bens cujo o valor é igual ou superior a R$ 300 mil.

Essas regras também são válidas para aqueles que passaram a residir no Brasil a partir do dia de 31 dezembro de 2019, mesmo que anteriormente a essa data não tinham contribuições fiscais com o governo brasileiro. Desse modo, imigrantes também estão sujeitos à mão da união.

Como declarar o Imposto de renda 2020 – Passo a Passo

A declaração de imposto de renda é como se fosse uma lista de todos os bens adquiridos pela pessoa que pode ser entregue em forma de planilha ou documento formal. Tal informação será utilizada pelo governo para calcular a tributação referente ao imposto de renda dos cidadãos e, com isso, tirar à parcela que lhes pertence para investimento no país.

Para começar a preencher o documento de declaração é recomendado que a pessoa tenha em mãos os seguintes documentos:

  • Renda variável (extrato bancário ou holerite servem);
  • Salários e vencimentos;
  • Benefícios, aposentadorias e pensões (declarações podem ser retiradas no INSS);
  • Recibos de pagamentos e eventuais doações efetuadas;
  • Documentos de bens e direitos (como propriedade de carros, imóveis, empresas ou terras);
  • Documentos para identificação pessoal como CPF, Nome completo, dados da conta bancária corrente que utiliza, etc.

Para fazer a sua declaração por meio do site oficial, que é o meio mais convencional, basta seguir os passos que seguem:

  1. Acesse a página oficial da Receita Federal no seguinte link (http://receita.economia.gov.br/interface/cidadao/irpf/2019/download);
  2. Baixe o programa para fazer a declaração. Para fazer isso basta clicar na opção “download do programa” e esperar que a instalação seja concluída no dispositivo;
    download imposto de renda
  3. Escolha o sistema operacional do computador que está baixando o programa para completar a instalação;
  4. Com o programa baixado e instalado basta acessar o sotfware. Feito isso, deve-se preencher os dados que pedem. Para aqueles que estão fazendo a primeira declaração deve clicar em “Criar nova declaração”;
    declaração imposto de renda
  5. O contribuinte deverá escolher o tipo de declaração que vai fazer. Escolha a opção de “Declaração de Ajuste anual” e preencha as informações pessoais que pedem;
  6. Uma caixa de diálogo será aberta e recomendará o preenchimento de todas as fichas nas telas seguintes. Faça tudo conforme indica o programa;
  7. Na tela final, escolha entre os modelos simplificados que possuem desconto de até 20% para rendimentos tributáveis ou então a versão de declaração completa na qual há o direito de todas as deduções legais;
  8. Nas etapas de declaração será preciso primeiramente se identificar informando dados como CPF< título de eleitor, data de nascimento, nome completo, profissão e endereço completo . Note que o programa tem a opção de recuperar os dados da declaração anterior que ficam salvos no software – isso te economizará tempo!;
    como declarar imposto de renda 2020
  9. O passo seguinte é em relação aos dependentes. Nessa etapa o contribuinte deverá informar se os tens e quais são cada um deles. Lembrando que o conjugue pode ser considerado um dependente;
    dependentes imposto de renda
  10. O próximo passo é para aqueles que possuem dependentes alimentando, ou seja, aqueles que tem a obrigação judicial de pagar pensão para filhos ou ex conjugue, por exemplo. Se esse não é o seu caso só passe para a próxima fase;
    alimentandos imposto de renda
  11. A próxima fase é em relação aos rendimentos. Basta incluir o informe de rendimentos que deve ser entregue pela empresa até o último dia de fevereiro, obrigatoriamente. Para inserir uma fonte pagadora a mais basta clicar em “novo”. Lembre-se que também é preciso incluir o rendimento dos dependentes, caso haja, mesmo que não seja a renda mínima para declaração do Imposto de Renda;
    rendimentos imposto de renda
  12. A próxima etapa é referente aos rendimentos não tributáveis, ou seja, aqueles que não estão sujeitos à cobrança de impostos. Nessa categoria entram heranças, fontes de bolsas de estudos, poupança e alguns tipos de investimentos como a previdência privada, por exemplo;rendimentos não tributáveis imposto de renda
  13. Na tabela de imposto retido o preenchimento é feito automaticamente pelo sistema. Aqui pode-se incluir eventuais impostos pagos no exterior;
  14. Na etapa de pagamentos o contribuinte deve prestar as contas sobre gastos gerais, como saúde, educação, planos, seguros, previdência, entre outros;
    pagamento imposto de renda 2020
  15. Na etapa de bens deve-se declarar tudo aquilo que se tem acumulado de bens, como carro, imóveis ou terras. Mas lembre-se que não se deve atualizar o valor do bem de acordo com as atualizações do mercado, mas manter o valor da compra;
    declaração de bens imposto de renda
  16. Apenas na última etapa o contribuinte pode fazer uma revisão geral dos dados. Confira até possíveis erros de digitação antes de clicar no botão “Finalizar”;
    como declarar imposto de renda
  17. Finalize o processo e aguarde a confirmação de recebimento que deverá lhe ser enviada no e-mail que cadastrou no sistema.

Quem preferir, também há a possibilidade de fazer a declaração por meio do aplicativo no smartphone. Entretanto, a opção não é a mais recomendada entre os especialistas porque tende a ser mais demorada e complicada de entender. Para iniciar o processo basta baixar o app Meu Imposto de Renda na Play Store ou Apple Store, de acordo com o sistema operacional do seu celular.

Atenção, pois para o ano de 2020 está previsto a novidade de detalhar informações sobre veículos, imóveis, entre outros bens. Portanto, esteja preparado para ter informações sobre tudo em mãos na hora de iniciar o processo.

Outra novidade que já se iniciou no ano de 2019 é que o contribuinte precisa informar o CPF de todos os dependentes, inclusive para menores de idade.

Despesas médicas e informações sobre rendimento de aluguel são os principais erros nas declarações de imposto de renda, segundo informações da Receita Federal, portanto, lembre-se de revistar o seu documento mais de uma vez.

Fique também atento ao relógio, pois a Receita Federal não aceita o envio de declaração entre a 1h e 5h da madrugada. Portanto, nem adianta deixar a tarefa para esse horário. O fisco também tem a mesma restrição de horário durante os fins de semana.

Cálculo do Imposto de Renda

A cobrança do Imposto de Renda é feita de modo proporcional à renda do contribuinte. Portanto, para saber quanto você deve pagar é preciso saber qual é o desconto que receberá da união. Veja o exemplo para ficar mais claro:

Suponhamos que a pessoa tem um desconto de 30% no IR. A mesma pessoa ganhou R$5 mil durante determinado período. Portanto, 30% de R$5 mil  é igual a 1.500,00 – esse é o valor que esse contribuinte deverá pagar R$1.500,00 de imposto para o governo.

cálculo imposto de renda

Lembrando que as faixas de cobranças varia,m de acordo com a faixa salarial. As cobranças podem ser consultadas na Tabela do Imposto de Renda presente aqui neste conteúdo.

Restituição do Imposto de Renda

restituição imposto de rendaA restituição do imposto de renda é o valor pago pelo governo para as pessoas que, no momento de fazer a declaração, fizeram muitas deduções – como muitos dependentes ou despesas médicas a mais. Nesses casos, a união volta o dinheiro para que não sejam prejudicadas financeiramente.

Como de praxe, a restituição do imposto de renda é feita em até sete lotes por meio da Receita Federal. Portanto, é importante ficar atento se está cumprindo com todos os seus direitos, pois se houver divergências, poderá perder direito à restituição.

Tabela do Imposto de Renda 2020

Confira as alíquotas previstas para o imposto de renda de 2020:

tabela imposto de renda 2020

Quem tem rendimentos de até R$22.847,76 por ano é isento do imposto de renda e não precisará pagar nada à união. Nos demais casos, a tabela é progressiva de acordo com os rendimentos tributáveis recebidos pelo contribuinte.

A multa para quem não fizer a declaração ou atrasar a mesma é de 1% ao mês, a qual é lançada assim que o contribuinte regularizar sua situação. O valor mínimo da de multa para os atrasados é de R$165,74 e, o máximo de 20% sobre o Imposto de Renda devido.

Consulta Imposto de Renda 2020

Para quem quer consultar em que pé está o seu processo de declaração do imposto de renda basta acessar o sistema no site oficial da Receita Federal.

Os passos são:

Isenção imposto de renda 2020

isenção imposto de rendaComo em qualquer outro tipo de tributo, também há quem se livre da obrigatoriedade de declarar o imposto de renda. Essas situações são determinadas por lei, a qual determina que os seguintes grupos são isentos:

  • Cidadãos com rendimento inferior a R$ 1.999,18;Cidadãos que possuem mais de 3000.000,00 em bens ou direitos que é compartilhada com um conjugue casado ou mediante união estável – desde que estejam num regime parcial de bens;
  • Cidadãos que dependam um dos outros declaradamente;Cidadãos aposentados com mais de 65 anos de idade e que sobrevivem somente da aposentadoria;
  • Cidadãos que possuam qualquer uma das doenças que seguem:
  •  AIDS;
  • Alienação mental;
  • Tuberculose ativa;
  • Cardiopatia grave;
  • Paralisia incapacitante e irreversível;
  • Cegueira;
  • Neoplasia maligna;
  • Contaminação sofrida por radiação;
  • Nefropatia e hepatopatia grave;
  • Doença de Paget em estado avançado;
  • Hanseníase;
  • Doença de Parkinson;
  • Fibrose cística;
  • Esclerose múltipla;
  • Espondiloartrose anquilosante.

Fique atento aos prazos para não atrasar o imposto de renda e use esse guia para te ajudar na hora de fazer a sua declaração e quitar os seus débitos com o leão.

Avalie este conteúdo!

Avaliação média: 5
Total de Votos: 6

Imposto de Renda 2020 → Como Declarar, Restituição, Consulta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *